sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Yes, vocês podem! Não é, Trump?

Em 12/01, Reginaldo Moraes publicou “O círculo de fogo americano – dinheiro, poder, poder, dinheiro” no Jornal GGN. É mais um artigo sobre aspectos importantes da sociedade estadunidense. Neste, o assunto é o sistema político norte-americano.

O texto começa lembrando a enorme concentração de riqueza e poder nos Estados Unidos. Uma realidade em que cerca de 0,1% da população, ou umas 14 mil pessoas, ganham US$ 24 milhões, por ano. Aí, o texto pergunta em que gastaria tanto dinheiro essa elite minúscula. Em muito luxo, claro. Mas, há um item que não é apenas consumo, diz Moraes. É investimento:

Os 0,1% dos cidadãos mais ricos dos Estados Unidos são responsáveis por 85% do financiamento das campanhas políticas. Simples assim. Eles compram política. Compram campanhas políticas, compram leis, compram interpretações da lei (juízes e suas sentenças), compram vereadores, prefeitos, governadores, deputados, senadores, xerifes. O que vier eles traçam. Ah, sim, não vamos nos esquecer: eles também compram organizações especializadas em impedir ou desestimular o voto dos desgraçados. E assim, como têm muito dinheiro, compram a política. E comprando a política isso lhes garante mais dinheiro. O círculo se fecha. O único risco que correm é essa coisa ficar tão podre, mas tão podre, que a insatisfação saia por outros poros, como o crime, a violência aparentemente “gratuita”. Mas, para isso, bom, para isso eles compram mais leis, mais policiais, mais presídios. E mais pastores, radialistas e locutores de TV despejando lixo para seu respeitável público.

Eles, sim, podem encher o peito e dizer: “Yes, We can!” Podem tudo. Inclusive, fabricar merdas homéricas como Donald Trump.

Nenhum comentário:

Postar um comentário