segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Revolução Árabe ameaça capital brasileiro

Agora é na Líbia. Manifestantes teriam colocado fogo em prédios públicos. O ditador Muammar Kadafi ordenou bombardeios aéreos contra a população revoltada. Em meio a tudo isso, a imprensa destaca a situação de 130 empregados brasileiros da construtora Queiroz Galvão. Há pedidos para que a Força Aérea Brasileira os retirem de lá.

Isso nos faz lembrar que não são apenas os interesses do imperialismo americano e europeu que podem ser atingidos pelas revoluções no mundo árabe. O grande capital brasileiro está presente no Oriente Médio desde a época dos militares. Uma aproximação que fazia parte do rompimento da ditadura com o alinhamento automático aos Estados Unidos. Desde então, a presença de capital brasileiro na região só cresceu.

Entre 2003 e 2009, as transações comerciais entre o Brasil e países do Oriente Médio passaram de US$ 4,4 bilhões para 10,6 bilhões. Os negócios envolvem principalmente a construção civil, com forte presença das empreiteiras Andrade Gutierrez, Odebrecht e Queiroz Galvão. Mas, empresas como a Brasil Foods (Sadia e Perdigão), Vale do Rio Doce, Tubos Tigre, Boticário, Via Uno e Arrezzo também estão por lá.

A presença empresarial brasileira também chega à Líbia. E inclui a polícia de Kadafi. Os veículos projetados para reprimir manifestantes foram feitos aqui. São fabricados pela Centigon Brasil, filial brasileira da empresa americana O'Gara-Hess & Eisenhardt.

Não se sabe ao certo como vai acabar a onda de revolta nos países árabes e islâmicos. O ideal seria que as ditaduras e seus apoiadores capitalistas fossem devidamente castigados. E que tanto o imperialismo veterano, como o “imperialismo jr.” brasileiro fossem derrotados.

Leia também: O Irã e o “imperialismo jr.” brasileiro

Um comentário:

  1. No caso desse porco Kadaffi e do seu filho pitboy, apenas a queda do poder não basta. Após bombardear com aviões o povo, só o justiçamento sumário dos dois e de seus comandantes militares seriam justos. MORTE A KADAFFI E SEUA ASSECLAS, QUE USAM AVIÕES CONTRA O POVO DESARMADO!!!!!!!

    ResponderExcluir