segunda-feira, 28 de março de 2016

O PT e a pior das desmoralizações

Em 24/03, Malu Gaspar publicou “O que de fato divide os brasileiros (não é o impeachment)”, na revista Piauí. A matéria comenta pesquisa do Data Popular sobre as recentes manifestações contrárias e favoráveis ao governo.

O instituto, que é especializado em análises envolvendo as faixas de renda das chamadas classes C, D e E, teria concluído que “os mais pobres” não foram a nenhuma das manifestações. Primeiro, porque eles as consideram “coisa de rico”. Depois, por não acreditarem que a queda de Dilma traria mudanças radicais no cenário econômico e social.

Além disso, aqueles que apoiam o impeachment apontam como motivo principal o encolhimento de programas sociais como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Pronatec e Prouni, e não a corrupção.

Enquanto isso, em 23/03, ocorreu algo preocupante em uma assembleia do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo. A diretoria da entidade teria tentado transformar o encontro em ato de defesa do governo.

Diante disso, alguns trabalhadores teriam abandonado a assembleia, ensaiando gritos de “Fora Dilma” e “Fora PT”. Talvez, trate-se de uma minoria. Mesmo assim, seria algo inimaginável alguns anos atrás.

São trabalhadores com um nível de organização e salários muito acima dos alcançados pelas chamadas classes C, D e E. Mas, neste momento, mais de 2 mil deles estão com seus contratos de trabalho suspensos.

As duas informações indicam que não é o moralismo da classe média que mobiliza os mais pobres ou os mais organizados. O que pode realmente indigná-los é a piora de suas condições de vida e as traições que desmoralizam o governo que ajudaram a eleger.

Leia também: Sobre planilhas e trabalho duro

Um comentário:

  1. O PT NUNCA TEVE UM PLANO DE GOVERNO NESSES ANOS TODOS FOI SÓ CORRUPÇÕES, FALCATRUAS E DESVIO DO ERÁRIO!
    O PT nas pessoas do Lula e da Dilma, nunca tiveram um plano de governo para o país, com um desenvolvimento na Educação, Saúde e Saneamento básico, que são as maiores necessidades do país, principalmente quando se trata das Regiões mais pobres do país como a Norte e a Nordeste.
    Agora para eles, eles tinham sim um plano de governo que era se perpetuar no poder e o pior, transformar o Brasil num país comunista. Mais aí, o plano deles foram por água abaixo, justamente por não terem um plano para o país. E nesses quase 14 anos de PT no poder foi escândalo em cima de escândalos e o povo felizmente, um pouco tarde mais acordou e está dando um basta neste desgoverno do PT. Como eles não têm justificativas para os seus erros, eles estão tentando desesperadamente enfiar goela abaixo dos brasileiros que é um golpe, para tirar a presidente Dilma da presidência.
    O principal ataque deles tem sido direcionado ao presidente da Câmara, o deputado Eduardo Cunha, simplesmente, porque tudo começou pelas suas mãos na Câmara, agora ele não enganou o governo, quem assistiu a sua posse, ele prometeu que o Legislativo voltaria a ser independente, até então, nós só tínhamos um poder na República, que era o Executivo. Então desde a declaração do presidente da Câmara na sua posse, ele se tornou o maior inimigo do governo.
    Do meu ponto de vista, eu acho muito difícil a presidente Dilma se livrar do impeachment, até porque, quem não quer mais ela no comando do país, não é o juiz Sérgio Moro ou os partidos, A, B ou C, não, quem não quer mais ela no poder é próprio povo e como disse um deputado recentemente, só quem faz um deputado tremer é o povo, principalmente quando ele vai para as ruas.

    ResponderExcluir