17 de abril de 2018

Lula chamando Judas

A última pesquisa Datafolha mostra que Lula continua a ser decisivo para as próximas eleições. A candidatura abençoada por suas poderosas palavras entra forte no páreo. Por falar em palavras poderosas, lembremos algumas das muitas frases memoráveis do ex-presidente:

Pouca gente está mais preparada que a classe trabalhadora para assumir uma responsabilidade política deste nível. Não podemos ficar esperando a democracia das elites. Os trabalhadores não devem confundir o Partido dos Trabalhadores com o PTB, MDB ou Arena.
Discurso de 24/01/1979, no colégio Salesiano da cidade paulista de Lins

De vez em quando, acho que foi obra de Deus não permitir que eu ganhasse em 1989. Se eu chego em 1989 com a cabeça do jeito que eu pensava, ou eu tinha feito uma revolução no País ou tinha caído no dia seguinte. Acho que Deus disse assim: "Olha, baixinho, você vai perder várias eleições, mas, quando chegar, vai chegar sabendo o que é tango, samba, bolero”.
O Estado de S. Paulo, 19/02/2010

Qualquer um que ganhar as eleições, pode ser o maior xiita ou o maior direitista, não conseguirá montar o governo fora da realidade política. Entre o que se quer e o que se pode fazer tem uma diferença do tamanho do Oceano Atlântico. Se Jesus Cristo viesse para cá e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria que chamar Judas para fazer coalizão.
O Estado de S. Paulo, 20/03/2012

De 1979 a 2012, Lula certamente aprendeu a conviver com tantos “Judas” que já não sabe mais viver sem sua companhia. Resta saber quais deles ele vai chamar para apoiar seu ungido.

2 comentários:

  1. Pô Sergio, assim não dá. Tá certo que disse da importância (a isca!) do título do artigo, mas esse, sinceramente, você apelou. Nem o Notícias Populares chegaria a tanto. E o pior é que surtiu efeito, assim que vi quis saber exatamente o que Lula tinha a ver com Judas. Brincadeira (com você sobre o título, lógico; com o Lula, não, ele fala besteiras a serio mesmo), muito sagaz, e lindas pérolas do Lula, na evolução dos tempos, que capturou. Cara, será que Lula é o que é por essas suas incongruências? Defesa de tese o tema, não? Pelo menos me divertiu nestes tempos e nesta terça amorfa. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Kákáká. "Mordeu o cachorro e morreu". Lembra?
    Não cheguei a tanta criatividade e apelação. Só bem perto.
    Lula já deve ser tema de muitas teses, e será ainda por muito tempo.
    Aquela minha coleção de pérolas tem muitas dele. Vou explorar mais.
    Abraço!

    ResponderExcluir