quarta-feira, 29 de junho de 2011

Governo grego merece cada pedrada

A TV vem mostrando a revolta do povo grego contra as medidas econômicas que seu governo aprovou. Muita gente deve ficar assustada com as cenas cheias de coquetéis molotov e pedradas. Parece um exagero. Os jornais se limitam a dizer que são medidas “austeras”. No máximo, admitem que 150 mil servidores públicos devem ser demitidos. Mas, não é só isso.

A aprovação das medidas era condição para a liberação de um empréstimo oferecido pela União Européia e pelo FMI. Em troca de pouco mais de 12 bilhões de euros, o governo grego tem que economizar 78 bilhões de euros até 2015.

Isso equivale a exigir 7 mil euros de economia de cada grego. Alguém acredita que essa conta vai ser paga por todos os gregos? É verdade que estão previstos impostos maiores para os mais ricos. Mas, empresários e milionários em geral têm como se safar. A grande maioria pobre e explorada é que vai sofrer.

O pacote aprovado foi proposto pelo governo George Papandreou, que se diz socialista. Só está socializando o prejuízo e livrando a cara dos verdadeiros causadores da crise: banqueiros e empresários da Grécia e de várias partes do mundo. Por isso, as bolsas do mundo todo estão em alta.

O governo grego merece cada pedra atirada pelos manifestantes.

Leia também: O meteoro passou. O perigo, não

Nenhum comentário:

Postar um comentário